Lopes Moda 2
Operação

PF deflagra operação para prender políticos e empresários envolvidos em corrupção no Piauí

Cerca de 70 policiais estão dando cumprimento aos mandados judiciais

21/06/2017 08h22Atualizado há 2 anos
Por: ALISSON SOARES
Fonte: Portal AZ
300

A Polícia Federal deflagrou na madrugada desta quarta-feira (21) a Operação Pastor para o cumprimento de mandados de prisão referentes a crimes de desvios de recursos públicos, que envolvem políticos, prefeitos, secretários, ex-gestores públicos e também empresários. A ação está ocorrendo em três cidades do Piauí: Teresina, São Raimundo Nonato e Dom Inocêncio.

Cerca de 70 policiais estão dando cumprimento aos mandados judiciais e de prisão. Há informações de que a ação também envolve políticos de Brasília. Os trabalhos estão sendo realizados conjuntamente com a Controladoria Geral da União (CGU) e há a participação de policiais do Piauí, do Ceará e do Maranhão.

Presos confirmados

A PF confirmou que um ex-prefeito e um emporesário já foram presos no início da manhã desta quarta-feira: Inocêncio Leal Parente, ex-prefeito da cidade de Dom Inocêncio (foto abaixo), e Décio de Castro Macedo, dono da construtora Jenipapo.

Inocêncio Leal Parente, ex-prefeito da cidade de Dom Inocêncio
Inocêncio Leal Parente, ex-prefeito da cidade de Dom Inocêncio

De acordo com nota enviada à imprensa, a Polícia Federal no Estado do Piauí comunica que na manhã de hoje(21/06) foi deflagrada a Operação PASTOR para fazer cessar ação de grupo criminoso atuante nos municípios de São Raimundo Nonato, Dom Inocêncio e Teresina. Os trabalhos estão sendo realizados conjuntamente com a Controladoria Geral da União (CGU).

O grupo criminoso é investigado pela prática de desvio-peculato, fraudes licitatórias, corrupção ativa, e corrupção passiva. Foram desviados recursos do Ministério da Educação, Codevasf e Funasa. O prejuízo apurado até o momento ultrapassa o montante de R$ 5 milhões.

Estão sendo cumpridos mandados de prisão, de conduções coercitivas, e de buscas e apreensão, expedidos pelo Meritíssimo Juiz Titular da Subseção Judiciária Federal em São Raimundo Nonato-PI, para execução nos municípios de Teresina, São Raimundo Nonato, Dom Inocêncio, e no Distrito Federal.

Maiores informações serão dadas em entrevista coletiva marcada para as 10:30 horas na sede da Polícia Federal em Teresina-PI.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias