E-mail

alissonjornalista30@outlook.com

WhatsApp

89 99414-7033

Lopes Moda 2
"Nestante"

Icomradio em parceria com PVSA/SDR lança aplicativo e realiza cursos

O aplicativo foi criado com o objetivo de ser uma plataforma de uma comunicação colaborativa que pudesse dar visibilidade às causas a serem solucionadas e boas práticas realizadas no semiárido piauiense, especialmente a partir da ação do PVSA.

15/02/2019 16h45
Por: ALISSON SOARES
Fonte: SDR
83

Destinado para o uso dos jovens de comunidades beneficiários do Projeto Viva o Semiárido de todo o Piauí, o aplicativo "Nestante" já está online e disponível para que jovens participantes do PVSA possam se cadastrar e utilizar a plataforma. Em fase piloto, o aplicativo Nestante foi construído como uma ferramenta de apoio ao processo de fortalecimento das juventudes do semiárido na construção de uma comunicação colaborativa e da formação e articulação da Rede Viva o Semiárido, resultante  a partir do Termo de Cooperação Técnica e Financeira entre a Secretaria do Desenvolvimento Rural do Piauí (SDR), o Instituto IComradio do Brasil, e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) e como parte das ações do Projeto Viva o Semiárido (PVSA). 

O aplicativo foi criado com o objetivo de ser uma plataforma de uma comunicação colaborativa que pudesse dar visibilidade às causas a serem solucionadas e boas práticas realizadas no semiárido piauiense, especialmente a partir da ação do PVSA. O público prioritário é formado pelos jovens agricultores familiares e membros de comunidades quilombolas beneficiárias. O Nestante pode subsidiar a sistematização de notícias sobre o PVSA, informações, dúvidas e boas práticas observadas pelos jovens que são beneficiados pelo projeto fortalecendo contatos e espaços de articulação e comunicação coletivas para a integração e solução de problemas. 

''Essa parceria, que é a Rede Viva o Semiárido, pode-se destacar que o aplicativo Nestante tem feito uma diferença primordial, principalmente no público da juventude rural do Semiárido. Tem sido impressionante, nos cursos, oficinas e seminários, o envolvimento e a necessidade dos jovens em usar algo que chega até eles e que faz parte do cotidiano deles. Para nós, tem sido uma iniciativa pioneira. A cada dia mais jovens estão utilizando e se mostram interessados em compartilhar informações sobre suas comunidades. É uma alegria muito grande em ver um projeto como esse na área da comunicação dando tão certo no Semiárido piauiense, através do esforço do Governo do Estado do Piauí, por meio do Governador Wellington Dias, que tem olhado de forma especial para o projeto Viva o Semiárido e vêm apoiando agricultores e produtores para melhoria de convivência com o Semiárido.'' destacou a secretária de Desenvolvimento Rural, Patrícia Vasconcelos. 

De forma clara e objetiva, os jovens que se cadastram no aplicativo podem postar suas causas a solucionar problemas ou boas práticas separados por diversas categorias temáticas relacionadas às ações do PVSA como meio ambiente, juventudes, mulheres, educação contextualizada, acesso à água ou cadeias produtivas, com possibilidade de inserção de imagem e texto para trocarem informações entre si, buscando integração entre jovens que participam do projeto, como visto na imagem abaixo.

Comunicação em Rede
O projeto de parceria entre o PVSA e o Instituto IComradio do Brasil (Icomradio), que pretende constituir a Rede Viva o Semiárido, tem o aplicativo Nestante como uma ação colaborativa voltada para jovens do Semiárido Piauiense que serão formados para atuar em colaboração e buscar o desenvolvimento local de suas regiões. Desde o início do projeto, são realizadas formações e oficinas sobre produção audiovisual e atuação em rede nos diversos territórios piauienses. 

As oficinas são realizadas em cada um dos cinco territórios do atuação do PVSA divididas em dois módulos e tiveram início neste mês de fevereiro envolvendo 130 jovens: Vale do Sambito - Valença  (33 jovens), Vale do Canindé - Oeiras (25 jovens), Serra da Capivara - São Raimundo Nonato (26 jovens), Vale do Guaribas - Picos (25 jovens) e Vale do Itaim - Paulistana (21 jovens). Ao final das oficinas, está programado a realização de um Seminário de Boas Práticas, de 16 a 18 de maio, no município de Picos, para compartilhar experiências, divulgar ações e construir estratégias relacionadas à Rede Viva o Semiárido com a presença de técnica/os do projeto e das/os jovens participantes das oficinas. 

Por ser uma ação que une o Projeto Viva o Semiárido e o Jovens Radialistas, esse processo de formação e ação em rede vem formando em suas oficinas e seminários os jovens para o uso do aplicativo Nestante, buscando familiarização dos jovens a partir da apresentação do uso e funcionalidades para as/os jovens que participam do curso de formação e virão a integrar a rede, com objetivo de que eles participem, obtenham respostas sobre os projetos que estão sendo realizados pelo Projeto Viva o Semiárido. Estabelecendo a partir daí, a comunicação como mais uma estrutura que atuará com complemento de ações que o projeto PVSA já desenvolve que são: a educação contextualizada, qualificação profissional e inclusão produtiva.

A Rede Viva o Semiárido foi pensada como uma estratégia para potencializar processos territoriais de articulação entre as juventudes do semiárido, contribuindo para que a partir de seus olhares sobre essas realidades e a comunicação cidadã possam buscar soluções criativas para os desafios locais e valorizar experiências exemplares para a convivência com o semiárido. "A Comunicação hoje é estratégica para desenvolvimento local de várias comunidades e ela precisa ser vista não mais como uma ferramenta, mas sim como um processo. Pois ao ser vista como processo, ela ajuda as comunidades a compartilhar informações, para sabermos quais as necessidades dos jovens destas comunidades e o que acontece nestas comunidades", destacou o presidente da IComradio, Jessé Barbosa'.

O aplicativo Nestante foi criado pela IcomRadio com o apoio do FIDA /SDR e Brüche Le Pont da Suíça 


Nestante
Palavra utilizada no idioma informal Piauiês. É uma contração da expressão “Nesse instante”. Remete à comunicação imediata, instantânea, rápida.Também é a solução rápida e efetiva de uma causa. É o jeito piauiense de dizer “online”.

Projeto Viva o Semiárido
O projeto Viva o Semiárido (PVSA) é um esforço do Governo do Estado do Piauí, em parceria com o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), para reduzir a pobreza, aumentar a produção e melhorar o padrão de vida das populações com maior nível de carência social e econômica no meio rural do Semiárido Piauiense, por meio do incremento das atividades produtivas predominantes, da geração de renda e do fortalecimento organizacional das famílias rurais, atuando atualmente em 68 municípios.

 

Matéria: Diego Barlo

 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias