Lopes Moda 2
campanha

Campanha #Todos pela Rosinha# arrecada recursos para tratamento de mulher que sofre com Linfoma de Hodgkin. Ajude!

Rosângela Alves disponibiliza dados bancários para quem quiser ajudar.

25/09/2019 18h08
Por: ALISSON SOARES
Fonte: Cidadenanet
91
Campanha Solidaria
Campanha Solidaria

Moradora da cidade de Aroeiras do Itaim, na região centro-sul piauiense, município próximo a Picos, Rosângela Alves Batista, com apenas 28 anos de idade, luta contra um câncer há três anos. Diagnosticada com Linfoma de Hodgkin já passou por várias sessões de quimioterapia chegando a eliminar a doença. Aproximadamente quatro meses depois, o CA reapareceu necessitando de novo tratamento, passando por novas sessões de quimioterapia, porém sem sucesso.

Após novo procedimento médico, Rosângela passou por um transplante de medula óssea em Recife, no Pernambuco. O transplante foi bem sucedido, mas, no entanto, ocorreu uma nova recaída, havendo, portanto, a necessidade de outras medicações que o Sistema Único de Saúde não dispõe e não cobre. Contudo, através de requerimento judicial a paciente conseguiu apenas a medicação e, para isso há custos para aplicações.

Sem condições de custear as aplicações medicamentosas, Rosângela Alves, faz um apelo para amigos e toda população que deseja e possa ajudar.

“Mesmo tendo conseguido a medicação tem que fazer as aplicações. São necessárias 16 aplicações, mas para isso há custos e não estou em condições de arcar com as despesas. Só consegui apena uma. Restam outras 15. Peço a quem puder me ajudar ficarei muito grata. Não importa o valor, o que importa é ajuda”, solicitou a paciente.

Rosângela Alves disponibiliza dados bancários para quem quiser ajudar.

Caixa Econômica Federal

Agência: 0639

Operadora: 013

Conta: 67718-0

Titular: Rosângela Alves Batista

Linfoma de Hodgkin 

Linfoma ou Doença de Hodgkin é um tipo de câncer que se origina no sistema linfático, conjunto composto por órgãos (linfonodos ou gânglios) e tecidos que produzem as células responsáveis pela imunidade e vasos que conduzem essas células através do corpo. O linfoma de Hodgkin tem a característica de se espalhar de forma ordenada, de um grupo de linfonodos para outro grupo, por meio dos vasos linfáticos.

A doença surge quando um linfócito (célula de defesa do corpo), mais frequentemente um do tipo B, se transforma em uma célula maligna, capaz de multiplicar-se descontroladamente e disseminar-se. A célula maligna começa a produzir, nos linfonodos, cópias idênticas, também chamadas de clones. Com o passar do tempo, essas células malignas podem se disseminar para tecidos próximos, e, se não tratadas, podem atingir outras partes do corpo. A doença origina-se com maior frequência na região do pescoço e na região do tórax denominada mediastino.

A doença pode ocorrer em qualquer faixa etária; porém é mais comum entre adolescentes e adultos jovens (15 a 29 anos), adultos (30 a 39 anos) e idosos (75 anos ou mais).

Sintomas

Pode surgir em qualquer parte do corpo, e os sintomas dependem da sua localização. Caso se desenvolva em linfonodos superficiais do pescoço, axilas e virilha, formam-se ínguas (linfonodos inchados) indolores nesses locais. Se a doença ocorre na região do tórax podem surgir tosse, falta de ar e dor torácica. Quando se apresenta na pelve ou no abdômen, os sintomas são desconforto e distensão abdominal. Outros sinais de alerta são febre, cansaço, suor noturno, perda de peso sem motivo aparente e coceira no corpo.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias